Como criar conteúdo para email marketing?

Como criar conteúdo para email marketing?

Existem diversas maneiras de se criar conteúdos para email marketing. Quando li o relatório “2016 State of Email Production” fiquei impressionado. Foram cerca de 900 marketeiros entrevistados e cada um tinha um processo quase que exclusivo.

De qualquer forma achei algumas coisas que podem lhe ajudar e então compartilho aqui:
Criar uma lista padronizada: liste todas as etapas da criação até o envio do seu email marketing. Ajuda a organizar o processo.

Utilize ferramentas disponíveis: algumas pessoas que vieram da área de desenvolvimento começaram uma prática interessante, utilizar ferramentas para construção de páginas para fazer seus e-mails. E depois passam em ferramentas que convertem o CSS padrão para o inline.

Tem funcionado em alguns casos.

Algumas dicas que podem lhe ajudar a criar

  • Foque nos problemas dos usuários;
  • Se tiver informações dos seus usuários, use;
  • Sempre leve de volta para seu site, nunca somente na peça todo o conteúdo;
  • Peça sempre que compartilhem o conteúdo se gostarem;
  • Sempre teste diferentes tipos de conteúdos e verifique os resultados;
  • Identifique as tarefas para ganhar tempo: Coisas como produzir texto, definir as imagens, fazer o layout, codificar, fazer os testes antes do envio, são tarefas que consomem tempo. Então organizar pode facilitar sua vida.
  • Testes de visualização: se sua ferramenta não disponibiliza recomendo fortemente que utilize a Litmus ou a Email on Acid para testar suas peças antes de enviar. Vai agilizar fortemente seu processo. E a Litmus ainda tem uma ferramenta de construir o email!

Se tiver dificuldade em criar a lista de coisas a verificar vamos lá:

  • Pense no assunto do email;
  • Definir o texto, verifique os erros!
  • Definir as imagens, verifique se estão do tamanho adequado;
  • Pense no assunto novamente;
  • Links: confira todos eles, se forem para seu próprio site coloque as tags do Analytics;
  • A peça é responsiva? Senão, comece de novo!
  • E o assunto como está?
  • Não descuide de preheader;
  • Call to action, pelo menos um, recomendo um!
  • Rodapé com dados de contato, sempre.

Já com relação aos tipos de email marketing que você pode enviar

  • Anúncios de novos produtos ou conteúdos;Artigos sobre sua empresa;
  • Atualização de produtos ou serviços;
  • Compilação de novos conteúdos;
  • Objetivos atingidos ou alguma marca histórica;
  • Convite para algum evento seu ou do seu mercado;
  • Email específicos para clientes;
  • Vagas de emprego;
  • Emails de confirmação de compra, eventos, inscrições;
  • Emails de boas vindas;
  • Bastidores da sua empresa;
  • História da empresa;
  • Fatos interessantes ou curiosos da sua empresa;
  • Datas importantes;
  • Como utilizar produtos ou serviços (até vídeo ou GIF animado);
  • Lista de top 10 sobre melhores práticas do seu mercado;
  • Estatísticas;
  • Infográficos;
  • Pesquisas de opinião;
  • Os conteúdos mais acessados no seu blog;
  • Os conteúdos mais acessados no suporte técnico, dúvidas mais comuns;
  • Treinamentos e materiais disponíveis;
  • Reutilizar conteúdos antigos;

Esses exemplos são apenas para ignir a centelha das suas ideias. Lembre-se que inspirar na concorrência ou em outros mercados é válido. Faça como os japoneses na década de 60 e 70, não copie, reinvente!

Se precisar de ferramentas para construir seu email marketing

Se precisar de alguma ajuda com os GIFs animados (use com moderação)

Uma pesquisa interessante da Adestra descobriu o seguinte, que as razões mais importantes, pela ordem, para receber e-mails das empresas são:

  • 85% – Receber descontos;
  • 41% – Para receber atualizações de produtos ou serviços;
  • 38% – Porque simplesmente gostam da marca;
  • 27% – Para participar de pesquisas de produtos;
  • 13% – Para acessar informações adicionais (relatórios, papers, etc);

Então tenha isso em mente também quando for criar conteúdos.

E o básico, para não esquecer:

  • Não faça e-mails muito longos;
  • Não faça muito impessoal;
  • Não faça muito vago, seja direto!
  • Use assuntos com palavras positivas;
  • Não esqueça do call to action;
  • Faça teste A/B, é tão simples, é tão legal;
  • Se você for relevante o sucesso lhe aguarda!

Se você tem um método diferenciado, compartilhe, escreva aí e comente.

Confira o vídeo

Gustavo Tagliassuchi

Velha ave de rapina, estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, profundo admirador do WordPress, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto e corredor muito muito amador.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

If you agree to these terms, please click here.