Por que fazer email marketing?

É importante que a gente sempre lembre que tudo isso surgiu a partir do e-mail, sem o e-mail nenhuma iniciativa de email marketing seria possível.

E dito isso, lembremos também que o email marketing sem dúvida nenhuma surgiu do SPAM!

Talvez algumas pessoas não aceitem isso, mas desde que Ray Tomlinson iniciou os seus estudos que culminaram no envio do primeiro e-mail, lá por volta de 1971, tentando fazer com que dois computadores trocassem mensagens é que a coisa passou a criar corpo.

E ele utilizou o @ para conectar o nome do destinatário ao endereço de destino, e foi isso que deixou este símbolo tão especial.

Mas, o crédito todo não é do Ray, lá em 1978 o simpático vendedor de computadores da DEC (Digital Equipment Corp), Gary Thuerk resolveu enviar um e-mail para cerca de 400 pessoas, que naquela época obviamente eram pessoas dentro de universidades (só quem tinha acesso a um e-mail) em sua maioria ou responsáveis administrativos ou professores pesquisadores.

Nascia então o SPAM.

Mas veja, o e-mail do Gary era textual, oferecendo seus computadores, não existia a web, então ele não continha call to action nem link para site nenhum.

A iniciativa rendeu US$ 13.000.000,00 em vendas. Nada mal não?

Mas como pouca gente tinha e-mail naquela época, a iniciativa rendeu uma ligação pessoal do responsável pela ARPANET (rede que originou a Internet) e Gary garantiu que nunca mais repetiria o fato.

Eu que sou mais antigo, lembro do começo da Internet comercial no Brasil, por volta de 1995. Naquela época eu poderia cadastrar o e-mail de qualquer um em um local chamado “Esquina das Listas”, que era uma página, contendo formulário de cadastro (nem chamavam de opt-in) de todas as listas de e-mail conhecidas até então.

Você poderia escolher as listas do seu interesse ou cadastrar em todas simultaneamente, logo, se a pessoa não desejasse receber os e-mails seria um estrago total.

Dificilmente as listas eram facilmente gerenciadas através de link de opt-out por exemplo. Normalmente você enviava um e-mail para algo do tipo [email protected] e o servidor se estivesse de bom humor responderia uma lista de comandos disponíveis, então num segundo e-mail você mediante algum conhecimento técnico poderia se descadastrar, e normalmente não era instantâneo o processo.

Agora imagine fazer isso para centenas de listas, cada uma com seu próprio gerenciador distinto, era um cenário caótico.

Mas as coisas foram melhorando, o SPAM foi crescendo e também os mecanismos de controle e restrição dessas mensagens indesejadas foram aumentando.

Surgiam assim as ferramentas profissionais de envio de email marketing.

E sim, embora a gente escreva “e-mail”, o termo email marketing não tem o hífen!

Mas isso tudo foi para situar você.

1.1 Mas o que é email marketing?

Em uma abordagem simplificada, o email marketing existe para você enviar uma mensagem, normalmente de cunho comercial, para diversas pessoas distintas.

E garantir que a maioria delas receba, e ter algum tipo de confirmação (abertura, clique) e se possível, que ainda gere algum resultado para a sua empresa, ou para a sua iniciativa.

Claro que existem dezenas de tipos de envios, nem todos visam a venda (e nunca deveriam ser o objetivo principal), vamos ver muitos deles no decorrer deste curso.

1.2 Estatísticas de e-mail marketing

Você pode ser daqueles que só acredita nos números, comprovação científica, então vamos lá, eles existem!

  • 85% dos adultos nos EUA (cerca de 233 milhões de pessoas) possuem pelo menos um endereço de e-mail;
  • No mundo todo são cerca de 3,7 bilhões de pessoas com e-mail;
  • Cerca de 64% das pessoas se influenciam antes de comprar por alguma informação enviada por e-mail;
  • Os e-mails de boas-vindas (aquele que você deve enviar logo depois do usuário confirmar o double opt-in) são abertos por cerca 82,57% dos usuários, gerando um CTR (click-through rate, ou taxa de cliques) de 22,76%;
  • Quer alguma coisa mais específica? Taxa média de abertura na América do Sul é de 20,34%, CTR 3,85%, descadastro 0,16% e taxa de SPAM de 0,02%;
  • No Brasil especificamente taxa de abertura 30,02%, CTR 4,57%, descadastro 0,19% e taxa de SPAM de 0,02%;
  • O email marketing possui 3X mais e-mails do que a quantidade de contas do Facebook e Twitter juntos;
  • Isso torna o e-mail até 40X mais efetivo que as redes sociais;
  • O ROI, ou retorno do investimento, do email marketing está entre os mais altos, é de até US$ 44,00 para cada dólar investido;
  • Uma pessoa checa até 30 vezes ao dia seu e-mail a partir do trabalho;
  • O tempo máximo de leitura de um email marketing recebido é de 51 segundos;
  • 91% dos adultos gostam de receber informações por e-mail;
  • Cerca de 58% dos adultos checam o e-mail como a primeira atividade logo após acordarem;
  • 95% das pessoas consideram email marketing das marcas que gostam como uma coisa útil;
  • 89% dos marqueteiros consideram o e-mail como o principal canal de geração de leads;
  • Existem cerca de 251 empresas de email marketing na ativa atualmente;
  • A personalização do e-mail gera 6X mais vendas do que e-mails normais;
  • A segmentação da lista dobra a taxa de abertura dos e-mails.
  • Todos os dias são enviados cerca de 269 bilhões de mensagens de e-mail;
  • A maior parte dos e-mails é aberta primeiro no dispositivo móvel, normalmente smartphone.

Fantástico não?

1.3 Ainda não está convencido sobre os resultados do email marketing?

Você precisa definir alguns objetivos e realizar alguns testes, seu mercado ou nicho de atuação pode lhe dar resultados ainda maiores.

  • Pense nos novos clientes;
  • Pense como é fácil coletar os e-mails;
  • Pense como é barato fazer email marketing;
  • Pense na frequência de informar novidades facilmente aos seus clientes;
  • Pense que é possível integrar com outros canais de marketing;
  • Pense em engajar mais clientes atuais;
  • Pense em resgatar ex-clientes;
  • Pense em fazer vendas cruzadas;
  • Você pode mandar lembretes importantes também;
  • Existem diferentes tipos de conteúdo a serem enviados;
  • Você pode automatizar e segmentar facilmente;
  • Pode atingir o usuário em diferentes dispositivos;
  • É fácil de personalizar com a sua marca;
  • Você pode parecer maior e melhor do que realmente é;
  • Pense em coletar novas informações sobre clientes atuais;
  • Pense em segmentar seus clientes criando novas oportunidades de vendas;
  • Pense em fazer testes de novos produtos ou serviços com seus clientes;
  • Pense simplesmente em divulgar seus posts do blog, produtos ou serviços;
  • Pense em começar a criar uma lista de e-mails de forma despretensiosa para ir testando o potencial do email marketing com o passar do tempo;
  • O ticket médio das compras online oriundas de um email marketing é em média 943% acima das compras normais!

A lista é 100% sua!

Pode não estar claro, mas a sua lista de e-mails talvez se torne o seu maior ativo em pouco tempo.

No passado enquanto eu gerenciava o departamento de suporte à clientes de uma das maiores empresas de email marketing do Brasil, onde era sócio, com muita frequência me deparava com clientes que vinham de um histórico fazendo muito SPAM de forma frenética e desordenada.

Ainda assim, obtinham relativo sucesso, mas quando passavam a respeitar as regras, o que impactava inclusive em reduzir o tamanho da base e frequência de envios, obtinham resultados ainda mais espetaculares!

Então tenha em mente que tamanho de base não significa resultados melhores!

Suas atualizações vão direto para a caixa de entrada de quem interessa

Pense no seguinte, você envia, se estiver tudo minimamente nos conformes, a mensagem normalmente chega na caixa de entrada do potencial interessado.

Nada de ficar à mercê de algoritmos erráticos de redes sociais que escolhem o que cada um vai ver ou não.

É você no controle!

Tem a maior taxa de conversão que existe

Certa vez eu palestrava em um evento sobre email marketing e ouvi de uma pessoa na plateia que mesmo quando um envio era ruim, o resultado era bom.

Não que você precise começar fazendo envios ruins, mas os resultados com email marketing serão os maiores que você vai ter, com certeza.

Existem casos excepcionais que outras mídias dão mais resultados que o email marketing, mas isso deve ser 1% do total.

E o mais importante é que você tem relatórios para comprovar, tanto na ferramenta de envios quanto no próprio Analytics do seu site, então fica fácil de comprovar a eficácia – ou não – dos seus envios. As pessoas amam receber e-mails!

Imagem padrão
Gustavo Tagliassuchi
Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS. Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total). Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil afora Mais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa. Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos. Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você. Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.
Artigos: 556

Deixar uma resposta

Translate »