Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Dicas para produzir mais conteúdo

Dicas para produzir mais conteúdo

Embora eu seja um tanto quanto suspeito em vir aqui dar dicas para produzir mais conteúdos, entendo que tem muita gente qualificada que ainda tem problemas em manter um calendário periódico de produção de conteúdo.

Muita gente – como eu mesmo – se considera de certa forma um impostor, nunca acha que está realmente apta a escrever sobre qualquer assunto, acha que sempre não está preparada ou não tem qualificações suficientes para tal, acaba então postergando ou nunca de fato escrevendo nada.

Bobagem.

Você pode não ser o maior especialista na sua área, provavelmente até não é. Mas o que importa é que você tem conhecimento, experiência, vivência maior do que muita gente que gostaria de ler o que você iria produzir.

Entenda que se você já sabe um pouco mais do que eu sobre algum assunto, isso já é motivo suficiente para compartilhar seu conhecimento. Entendo que transformar conhecimento tácito em explícito nem sempre é fácil, mas você consegue.

Comece com um papel, ou arquivo de texto, vá escrevendo ideias, eu prefiro fazer em um software de mind map (XMind) e ir evoluindo a ideia antes de começar a escrever.

Você terá em pouco tempo algumas linhas, alguns assuntos, e aí poderá começar a escrever por conta própria, poderá pesquisar mais a respeito e incluir boas ideias de terceiros – sempre citando as fontes – e aí evoluir o assunto.

No passado se guardavam notícias de jornais e revistas a fim de inspirar novas matérias. Você pode fazer isso armazenando links de sites com conteúdos que tem alguma coisa a ver com o que pretende escrever a respeito.

Sempre ajuda e sempre inspira.

Veja, inspirar não é copiar. Você pode observar em um bom artigo, em uma boa publicação a estrutura do documento, o título, o formato do texto, os marcadores, como as imagens são inseridas, o tamanho, as referências, isso ajuda quando não temos muita experiência.

A web existe com diversos propósitos, compartilhar conteúdo é um deles, não deixe de fazer isso e trazer um pouco do seu conhecimento para todos.

Eu tenho tentado fazer isso com muito mais frequência, criei livros e cursos, estão perfeitos? Não, longe disso. Mas a vantagem de publicar algo na web, e compartilhar, para mim é a seguinte:

Você sempre pode editar e melhorar o seu material, isso nunca termina!

É a coisa mais fantástica que pode ser feita. Você ficará sempre em evolução contínua.

Lembre-se ainda que você tem seu público, sua audiência. Dependendo do engajamento você pode começar a perguntar a eles o que interessa mais e ir direcionando sua criação de conteúdos.

Ainda, não esqueça que na web temos as métricas, utilize os dados de Analytics e veja os melhores conteúdos e que estão dando mais resultados. Os números vão lhe ajudar a melhorar.

E é claro, observar a concorrência e se inspirar nos temas e assuntos também é válido. Mas não copie, reinvente.

Vá lá e escreva, comece ainda hoje!

P.S.: Se quiser se aprofundar tem um jabá

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS.Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total).Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil aforaMais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa.Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos.Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você.Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *