Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Crie o roteiro do seu curso online

Crie o roteiro do seu curso online

Mas e o resumo, não serve como roteiro do meu curso online?

Sim e não, pode até gerar um índice ou coisa parecida, mas o roteiro, e aí sim se for baseado no documento que gerou o resumo, vai dar o norte de como produzir o curso, módulos, capítulos ou aulas.

A base de tudo

Cada unidade de ensino você pode tratar como um módulo ou aula. Não vejo melhor alternativa do que fazer uma apresentação no Google ou no PowerPoint para fazer isso.

Lembre-se de pontos importantes:

Um assunto por slide, não é um texto não, é uma palavra, grupo de palavras, uma frase.

E você vai explicando, narrando ou aparecendo na webcam no canto.

Essa apresentação + narração é importante, pois sabemos que uma pessoa é capaz de absorver cerca de 10 à 70% do que ouve, de 20 à 70% do que viu e cerca de 65 à 85% do que viu e ouviu ao mesmo tempo.

Dicas

  • Envolva o público;
  • Estude a audiência, fundamental é diferente do médio;
  • Domine o assunto (sei que você já domina);
  • Lembre-se do objetivo da apresentação;
  • Lembre-se de quem é a audiência;
  • Conte histórias relevantes;
  • Na dúvida simplifique;
  • Deixe as fontes grandes e fáceis de ler, sem serifa;
  • Simplifique mas utilize todos recursos disponíveis, imagens, fotos, sons, vídeos, gráficos, esquemas e etc;
  • use as cores e as combinações de fontes (poucas fontes diferentes);
  • Ícones podem ajudar;
  • Cada slide uma informação;
  • Siga uma cronologia, início meio e fim;
  • Utilize sua webcam, um microfone específico, pode ser de lapela, pode ser do headset;
  • Utilize um software de screencast, eu gosto muito do Screencast-o-matic;
  • Você pode abrir a aula falando diretamente para a câmera e depois iniciar a apresentação de slides;
  • É importante fazer exercícios e questionários, para avaliar e ser avaliado;
  • Mais lições pequenas do que uma lição grande ajuda;

Não confunda os formatos, se tiver que apresentar uma história apresente, se tiver que fazer uma apresentação mais formal faça, se quiser inovar inove!

Importante para os educadores

Você já tem um plano de aula, você já sabe o que vai ensinar, então eu entendo que para você os obstáculos são muito menores do que para os demais profissionais.

Você é o educador aqui e entusiamo pelo seu conhecimento e área de atuação você já tem, estão tentando municiar você da parafernália tecnológica para que consiga ensinar e inspirar!

A parte técnica é o menor dos problemas, é só tentativa e erro e alguma prática. Neste momento a mensagem é muito mais importante, não tanto o recursos técnicos envolvidos.

Não tenha medo de começar errando. Só erra quem faz!

Outra dica muito prática

Imagine você começando mais uma aula semanal para seus alunos. Pense no seguinte:

  • Inicie a aula no vídeo ao vivo, cumprimente todos e dê a introdução;
  • Após, inicie o vídeo da aula que você já deixou pronto, já gravou antecipadamente, já sabe que tem o tempo certo;
  • Fique observando eventuais comentários e respondendo algumas dúvidas enquanto eles assistem;
  • Ao término volte ao vídeo ao vivo e esclareça algum ponto que for necessário;

Não é para ser doloroso, o principal aqui é o conhecimento, as ferramentas são para nos ajudar, assim como a tecnologia.

É importante lembrar que as aulas, assim como as apresentações, existem para informar, instruir, entreter, inspirar, ativar e persuadir nossos alunos para o bem.

Outras postagens sobre educação a distância

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS. Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total). Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil afora Mais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa. Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos. Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você. Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *