Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Crie o resumo do seu curso

Crie o resumo do seu curso

Sei que você pode ser um educador, então quando digo crie o resumo do seu curso, entenda que pode ser o resumo ou a estrutura da sua aula.

Você sendo especialista, pode ser muito fácil, mas para mim não não, e acho que para as pessoas que não são da área educacional tende a ser mais complexo.

Mas nada nessa vida é impossível, superada a barreira motivacional do eu vou fazer isso.

Como eu faço

Veja, para mim tudo inicia com a estrutura, os módulos / capítulos e suas ramificações. Até para controlar o que precisa ser atualizado no futuro.

Para isso utilizo o xMind, que tem uma versão gratuita que serve ao propósito.

Mas, depois de fazer a estrutura eu crio um documento. Cada curso que eu crio na verdade antes de se tornar um curso ele se torna um livro sobre o mesmo assunto, que eu normalmente publico na Amazon.

Isso para mim facilita o processo, mas lembre-se que existem muitas coisas que fazem sentido apenas de forma escrita, e outras que devemos amplificar com recursos multimídia em aulas de ensino à distância, com objetivo de aproveitar a mídia à pleno.

Utilize todos os recursos que forem necessários.

Se você está preparando uma aula

Para mim fica mais fácil formatar uma aula como se fosse uma postagem no meu blog, como esta aqui que você está lendo, que deveria ou poderia ter uma estrutura simplificada:

  • Título;
  • Sub-título;
  • Introdução: 2 – 4 minutos, você se apresenta e fala sobre o que vai ensinar e explicar;
  • Meio ou desenvolvimento: onde você realmente ensinará o(s) assunto(s), cuidando para separar em módulos/seções se for necessário;
  • Atividades práticas: sempre bom vincular o que foi dado a uma atividade, um exercício fornecido por você, em local de terceiros, a um vídeo ou algo que ajude a reforçar a mensagem;
  • Materiais de referência: tudo o que pode ajudar o aluno a ter mais referências sobre o assunto para consultas ou aprofundamentos;
  • Conclusão: onde você fecha tudo, consolida o que foi ensinado e solicita alguma tarefa para entrega posterior ou mesmo solicita naquele instante que os alunos preencham uma avaliação.

Entenda que no ensino à distância o educador é constantemente avaliado, o tempo todo, isso nos dá na verdade feedback importantíssimo para eventuais ajustes e melhorias.

Eu como educador entendo que as críticas construtivas são fundamentais.

Não existe estrutura padrão

O processo de criação do resumo está intimamente ligado à estrutura do que vai ser ensinado.

Essa estrutura vai sendo construída conforma se desenvolve o assunto a ser ensinado.

Muitos educadores já tem “templates” de aulas, seu próprio método de ensino, isso facilita, encorajo você a utilizar seu método para fazer isso, vai ajudar a refinar e a melhorar o processo.

Se você acha que tem um método infalível para criar sua aula, seu curso, então lamento dizer que você está obsoleto!

Ainda mais neste momento, ninguém está preparado e nenhum método é infalível ou permanente, aproveite que você é um educador e ative o modo de evolução permanente, só assim vamos melhorar a qualidade do ensino.

Embora outros – como eu – prefira métodos diferentes a cada abordagem, leitura de livros, blogs, fóruns e documentação técnica, assistir vídeos e cursos de especialistas na área de interesse, conversar com especialistas, comentar e receber feedback oportuno, tudo interfere, o tempo todo.

Eu utilizo o meu blog – este aqui – já tive uma dezena de blogs, para criar postagens sobre os assuntos que eu me proponho a me manter atualizado, e compartilhar o conhecimento adquirido, de minhas próprias ideias e de terceiros que eu humildemente me proponho a compilar e apresentar uma versão do que entendi.

Isso me permite criar sistematicamente conteúdos, pocasts, vídeos, que me permitem seguir evoluindo e me aprofundando.

De tempos em tempos eu me sinto à vontade para criar um curso, não porque ache que sei muito sobre um tema, porque o normal é descobrir que tem muita gente que sabe menos do que eu fazendo o mesmo, não estou sendo de nenhuma forma arrogante neste comentário, longe disso.

Mas acho que os educadores de fato – falo aqui de professores – tem muito mais facilidades para fazerem isso do que eu realmente tenho.

Acho que o momento é de aproveitar e evoluir. Treine com seus alunos, sua audiência mais cativa e mais sincera impossível. Melhore o seu nível nesses tempos de incertezas.

Importante lembrar que temos que observar a audiência

Meu primeiro curso online era gigante, sobre Agências Digitais, em todos os aspectos que eu poderia imaginar, quando fui publicar o mesmo em uma plataforma de ensino um dos representantes me contactou com uma verdade que eu não estava preparado para ouvir:

Se você publicar o seu curso ele provavelmente não vai ter muito sucesso. Ele é grande demais. Para quem não sabe muito sobre o assunto vai ficar muito difícil e demorado aprender tudo isso.

Grande plataforma de educação, avaliação sobre meu curso antes da publicação

Estou escrevendo em poucas palavras a tijolada que eu recebi. Na verdade era um especialista que avaliou centenas de cursos.

Eu quis fazer o meu curso e ensinar TUDO o que eu achava que eu sabia sobre o assunto. Isso me deixou cedo sobre o foco, sobre minha audiência.

Dei um passo para trás e voltei, replanejei, cortei tudo o que era desnecessário e refoquei o objetivo.

Ensinar o principal sobre como ter uma Agência Digital, quais seriam os pontos principais ou que a pessoa deveria cuidar mais principalmente quando estivesse começando e como fazer.

Aí tive sucesso, mais de 1800 alunos e contando, então sempre lembre:

  • Para quem é o curso ou a aula?
  • Qual a duração que o curso ou a aula deve ter?
  • Estou focado naquilo que disse que iria ensinar?
  • Posso acrescentar alguma coisa extra que faça sentido?
  • Posso criar um “framwork” para meu método de ensino?
  • Estou fazendo lições curtas e fáceis de entender?
  • Ao final de cada lição estou colocando um exercício, quizz, perguntas para garantir que estão aprendendo?
  • Tenho conteúdos para os alunos baixarem?
  • Solicito atividades extra-classe adequadamente?
  • Estou utilizando só conteúdo textual ou tenho vídeos, esquemas, desenhos, imagens e links adicionais?
  • Posso gamificar o ensino?
  • Estou encorajando os alunos para obter melhores resultados?
  • Ou estou tratando isso como uma via de mão única?
  • Estou dando pontos de contato para eles entrarem em contato facilmente comigo?

Sei que parecem muitos pontos mas você pode ficar atento e trabalhar para desenvolver um bom curso ou aula.

Não fique esperando muito a melhor opção, vá lá e faça logo.

E então?

Bom, finalizando, eu só consigo criar um resumo, depois de estar com todo o conteúdo pronto!

É desta forma que eu consigo fazer. Esse resumo pode ser utilizado para divulgar o seu curso, ou divulgar a sua aula.

É ele que deve ser utilizado para descrever qualquer um dos cenários – curso ou aula!

Outras postagens sobre educação a distância

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS. Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total). Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil afora Mais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa. Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos. Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você. Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *