Qual a melhor frequência de envio de e-mail marketing?

É importante lembrar que a melhor frequência de envio de e-mail marketing depende de muitos fatores culturais, país, tipo de mercado/indústria, modelo de negócios e época do ano.

Para quem envia e-mails a tentação normalmente é grande, pois sempre parece que quanto mais envios, maior a quantidade de vendas. Porém para quem recebe a percepção normalmente é outra, gerando descadastro, denúncias e alguma raiva.

Segundo uma pesquisa da Marketing Sherpa, os dados mostram que um e-mail semanal ou menos serve bem a maioria dos casos de qualquer empresa. Dificilmente alguma empresa obtém sucesso enviando mais do que 5 vezes ao mês.

Algumas empresas de fato enviam diariamente, mas com o passar do tempo gera insatisfação e o risco de perda de credibilidade, afinal não é só a ferramenta de envio, uma peça e um assunto interessante por dia não é tarefa fácil de ser executada.

Mas o contrário também é um problema, alguns riscos de se enviar poucos e-mails:

  • Perda de oportunidades de vendas;
  • Reduzida visibilidade na caixa de entrada do usuário;
  • Risco na reputação do enviador;
  • Os usuários podem esquecer de você (e que fizeram mesmo opt-in pra receber suas newsletters);

E, enviando muito, temos o seguinte cenário:

  • Menos engajamento;
  • Mais descadastro;
  • Maior quantidade de denúncias de SPAM;
  • Maiores danos aos enviador;

E o que fazer?

Alguns especialistas, no entanto, são categóricos, se você tiver relevância para sua audiência, então envie com mais frequência! Porém é válido lembrar da regra de ouro, se não tiver algo bom para enviar, não envie apenas para cumprir uma escala de envios.

Também é claro que devemos observar que as regras ficam mais flexíveis em períodos festivos e em datas especiais como a Black Friday. Também envios baseados em triggers e comportamento tendem a auxiliar e manter uma frequência de envios maior em geral apenas aos mais engajados.

Outra dica importante é utilizar justamente o descadastro para monitorar e descobrir através de perguntas específicas o que você está fazendo de errado, e corrigir o rumo das suas ações de e-mail marketing.

Segmentações tendem a permitir que algum grupo específico receba mais envios do que outros, qualificando e mantendo a suas réguas dentro do que você imagina que seja o ideal. Mas para ter certeza disso tudo é importante monitorar, a cada envio tabule os números, faça gráficos, monitore pelo menos:

  • Descadastros
  • Denúncias
  • Aberturas
  • Cliques
  • Conversões

E faça a análise dos mesmos no decorrer do tempo, vai dar uma ideia mais precisa do que funciona e do que precisa ser alterado, possibilitando um controle maior sobre a melhor frequência de envio de e-mail marketing que sua base está aberta a receber.

Links interessantes

DMA National cliente email report 2015
Marketing Sherpa

Photo credit: Guilherme Nicholas via Foter.com / CC BY

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS.Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total).Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil aforaMais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa.Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos.Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você.Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

If you agree to these terms, please click here.