Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Fazendo o básico no email marketing

Vídeo no e-mail marketing

Todo mundo que começa a fazer email marketing me pergunta isso, se está fazendo o básico no email marketing, se está tendo resultados com email marketing, se está fazendo certo no email marketing.

Quando decidi começar este blog, foi justamente para transformar muitos anos de conhecimento tácito em conhecimento explícito, compartilhando o que descobri com a experiência em email marketing adquirida na Dinamize, e também compartilhando o que descobrir pela web, de outros profissionais ou empresas, mas que façam sentido principalmente para você que está começando agora.

Você vai encontrar neste blog

  • Como fazer email marketing inteligente
  • Tamanho adequado de email marketing
  • Como criar email marketing
  • Ferramentas de email marketing
  • Template de email marketing
  • Criar conteúdo para email marketing

E muitas outras dicas de email marketing. Começo agora mas prometo me empenhar.

Vou tentar sempre ser fiel as fontes quando for o caso, então se achar que tem algo que precise de esclarecimentos adicionais, fique à vontade para comentar abaixo do post ou entrar em contato ok?

Começando pelo começo 😉

É claro que para fazer email marketing você deve começar bem pelo princípio, pelo menos deve ter alguma coisa parecida a lista a seguir:

  • Base de contatos
  • Conteúdo a ser enviado
  • Peça de email marketing
  • Ferramenta de envio
  • E-mails de teste

Outras pessoas ainda diriam que é preciso ter formulário de opt-in no site, domínio, remetente e muitas outras coisas. Mas vamos em partes, para não ficar muito chato.

Sendo mais prático

O pessoal da Single Grain, uma agência de marketing digital, publicou certa vez uma lista bem interessante que chamava “10 regras para um gerenciamento efetivo de email marketing”, que continha basicamente estes itens:

  • Seja curto e doce: não envie um tijolo interminável de textos e imagens, não é um livro, não é um e-book, facilite a leitura para o usuário, use listas, quer saber um tamanho bom: 500 palavras;
  • Utilize variáveis com sabedoria: Personalização é bom e importante, mas se não tiver certeza que os campos realmente possuem dados verdadeiros, cuide, pois o texto personalizado pode ficar um pouco esquisito;
  • Faça as mensagens serem compatíveis com dispositivos móveis: Não é mais segredo que mais de 50% dos e-mails são lidos primeiro no celular, então faça a mensagem aparecer de maneira decente ali também;
  • Para cada mensagem enviada um objetivo: cada mensagem enviada deve ter um propósito, não deve ser enviada apenas para cumprir agenda de envios, se for informativa, se for e-mail de vendas, monitore os resultados de acordo, e deixe bem claro quando enviar do que se trata, nada de enganar o usuário;
  • Mantenha a lista limpa: cada vez que fizer promoções para angariar novos usuários tenha em mente que alguns vão se cadastrar somente pela sua promoção inicial, depois se tornarão indiferentes as suas mensagens, prejudicando seus indicadores e taxas de entrega. Não tenha medo de remover quem não lê ou não clica em seus e-mails depois de algum tempo;
  • Faça sua audiência se segmentar: pode parecer meio sofisticado, mas a maioria das ferramentas de envio de email marketing possuem mecanismos que permitem que você segmente as listas a partir dos clicks nos links específicos. Esses dados são importantíssimos para que você faça num segundo momento envios muito segmentados baseados em interesses previamente coletados;
  • Utilize as métricas para saber quando enviar: baseado na análise dos relatórios de envios, você pode descobrir melhor horário de envio e quando sua base lê seus e-mails enviados. Isso melhora o engajamento e as taxas de abertura e leitura dos seus e-mails.
  • O assunto do email marketing é importante: fique atento para os assuntos de cada envio. Uma simples troca de assunto pode significar o sucesso ou não de toda uma campanha. Se tiver disponível na sua ferramenta, faça sempre teste A/B, os resultados serão fantásticos.
  • Teste bem: além do teste A/B no assunto, você também deve testar o layout do corpo do e-mail enviado. E tome nota do que tem funcionado para a sua base, faz sentido refazer o que funciona!

Regras simples e eficazes

É claro que estamos falando do básico, algumas outras regras SEMPRE devem ser observadas, e por incrível que pareça, empresas de grande porte ainda ignoram algumas delas.

  • Tenha em mente que você está enviando uma mensagem para uma pessoa. Nada mais adequado que esperar que ela responda, agradecendo, perguntando algo, criticando, é uma via de duas mãos, não é mão única, então faça uma tatuagem destes itens muito importantes que com frequência são esquecidos:
  • O e-mail de retorno deve ser válido, e todos os retornos devem ser lidos por uma pessoa, um ser humano, esse tipo de resposta normalmente tem ouro junto;
  • Revisar o texto é elegante e não custa nada, seu editor de texto normalmente faz o primeiro nível do trabalho sujo. Enviar sem revisar pode custar alguns clientes;
  • Enviar o conteúdo adequado para a audiência é fundamental. Não existe mais enviar tudo para todo mundo;
  • Sua peça de e-mail marketing tem que ter assinatura, ali deve constar seu nome, ou nome de sua empresa, e qual os meios para se entrar em contato!
  • Se puder automatizar alguns e-mails faça isso, não precisa fazer manualmente o trabalho hercúleo de gerenciar centenas de tipos de e-mails e sequências padronizadas iniciais dependendo do seu tipo de negócios. As ferramentas hoje em dia fazem isso muito bem.
  • Se a mensagem é da sua empresa, deve ter logotipo e cores de acordo com a identidade visual dela, não de quem fez o template ou do padrão da ferramenta de envios;

Importante lembrar antes de enviar

Antes de enviar o e-mail você deve saber claramente o seguinte:

  • Quem vai receber este e-mail marketing?
  • Quando ele vai receber e qual a frequência que eu devo entrar em contato?
  • Porque estou enviando para estas pessoas e qual meu objetivo com este e-mail?
  • O que eu vou enviar? Está clara a mensagem e o CTA – Call to action – ou seja, o que ele deve fazer no e-mail para eu ter sucesso no meu envio?

Se quiser um mantra: menos é mais, simplicidade é tudo, capture a atenção imediatamente e remeta o usuário ao local de destino.

Confira o vídeo

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS.Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total).Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil aforaMais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa.Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos.Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você.Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *