Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Tipos de conteúdo para você produzir

Tipos de conteúdo para você produzir

Tenho auxiliado muitas empresas e pessoas a produzirem melhores conteúdos. Não que eu seja um especialista, apenas consigo organizar melhor as informações. Dito isso, vamos ver dezenas de tipos de conteúdo para você produzir.

Tudo é uma postagem

É claro, é verdade. A postagem básica, o título H1, introdução, assuntos secundários com H2 e seus respectivos parágrafos e o fechamento no final.

Parece simples, e é mesmo. Vamos sofisticar isso um pouco para incrementar os resultados.

Tipos de conteúdo

  • Listas: lembre-se de utilizar bullets ou mesmo listas ordenadas para organizar o conteúdo. Funcionam muito bem.
  • Posts do tipo “Como Fazer”: postagens com passo à passo de alguma coisa que você queira esclarecer, produto, serviço, instruções, normalmente tem excelente resultado.
  • Perguntas e respostas: o título principal já é a pergunta base para a resposta, que obviamente deve ocupar o conteúdo todo do post. As pessoas costumam pesquisar pelas perguntas que querem ver respondidas.
  • Casos de uso, ou cases: são aquelas postagens onde você conta como por exemplo instalou um equipamento na empresa do cliente, explicando como tudo foi feito, os benefícios alcançados e até um depoimento do cliente acrescenta pontos importantes. Se você colher esse depoimento em vídeo melhor ainda.
  • Depoimentos: imagine no exemplo acima, casos de uso, você gravou em vídeo o depoimento do cliente sobre seu produto. Além de utilizar esse vídeo no seu canal no YouTube, ainda pode transcrever o que ele falou, incluir em seu caso de uso, incluir apenas o depoimento em uma seção de depoimentos do seu site, ou mesmo produzir uma postagem com o depoimento se for extenso. Pense nisso como uma oportunidade de aproveitar conteúdos.
  • Entrevistas: da mesma forma que os depoimentos podem ser utilizados em diversos formatos.
  • Demonstração de produtos e serviços: você pode fazer postagens demonstrando seus produtos ou serviços, textualmente, com vídeos e screencasts. Mas não faça longo demais, deixe o usuário querer saber mais e aproveite para colocar um CTA (call to action) no final e fisgar ele.
  • Novidades: além das novidades da sua empresa, novidades do mercado que você atua, novidades que impactam sua empresa ou clientes, tudo pode ser aproveitado.
  • Opinião de especialistas: aproveite os especialistas da área e produza entrevistas em vídeo, depois fatore o material e coloque nas outras mídias como o blog.
  • Materiais eletrônicos: assim como e-books, documentos, templates, demonstração, software, você pode produzir postagens com esse chamariz e pedir o e-mail do usuário para dar acesso ao material.

Só isso de sugestões?

Não, isso são apenas algumas sugestões. Vou sugerir que você vá mais a fundo, vá espionar a concorrência, olhe os blogs deles, se tiverem aquelas dicas valiosas de “posts mais lidos”, estude estes primeiro.

Devem ser mais lidos por algum motivo. Se fizer sentido faça a sua versão para os materiais, provavelmente conseguirá trazer uma parte dos usuários que eles estão atraindo, com os mesmos conteúdos, claro, a sua versão, não vá copiar!

É uma ideia para criar uma quantidade adicional de posts e alimentar o seu calendário de conteúdo, pelo menos por um tempo.

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS. Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total). Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil afora Mais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa. Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos. Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você. Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *