Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Tá enviei o e-mail marketing, e agora?

Verifique os relatórios de envio

Os usuários estão recebendo? Estão lendo? Estão clicando? Se descadastrando? Estão denunciando como spam? É importante você manter esses dados numa planilha, acompanhar os indicadores mais importantes de perto e observar alterações muito significativas. Investigue. Aprimore suas práticas e tenha melhores resultados. Crie suas métricas.

Verifique as estatísticas do seu site

A cada envio o que acontece? Estou convertendo bastante no e-mail mas isso não se traduz em mais vendas, porque? O bounce rate está alto? Veja se os números batem, veja as páginas de entrada e de saída. Tenha em mente que o e-mail marketing pode criar uma expectativa que não se concretiza no outro lado (no seu site/blog). Vá atrás da informação.

Utiliza landing pages?

São ótimos recursos para rapidamente informar, recolher dados e converter o usuário. Ainda normalmente (se forem ferramentas especializadas) lhe fornecem informações adicionais sobre o usuário e seus números em geral, ou mesmo que sejam dentro do seu site lhe dão dados valiosos para analisar e aprimorar seu e-mail marketing.

Utilize os recursos de enviar para quem visualizou/clicou

Não faça envios simplesmente por fazer. Se o usuário clicou em determinado link, utilize essa informação para segmentar seu próximo envio. Talvez um pequeno envio focado em um segmento de interesse dos seus usuários possa trazer uma conversão bem maior que um grande envio genérico para sua base inteira. Utilize esta informação e enriqueça seu conhecimento sobre sua base, gerando é claro mais vendas.

Você monitora a concorrência?

Não? Pois devia. Um e-mail genérico, não identificando você detalhadamente (afinal eles podem estar monitorando você também), podem lhe dar uma idéia do que seus concorrentes estão fazendo, lhe dar idéias sobre seu potencial público e até insights sobre práticas que não estão funcionando e o que poderá melhorar.

Mas eu faço diferente e tem funcionado!

Sim, nossas dicas são amplas e genéricas, atendemos muitos tipos de segmento de empresas e profissionais e estes atingem diferentes nichos de mercado. O que detalhamos acima são muitas coisas que tem funcionado bem para a maior parte dos nossos clientes. Mas só você conhece seu público (ou vai conhecer) e depois vai melhorar para manter o interesse dele no seu produto e serviço. Não tenha medo de testar!

E se tiver feito alguma coisa legal que deu bom resultado compartilhe aqui. 😉

Photo credit: morberg / Foter / CC BY-NC

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS.Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total).Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil aforaMais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa.Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos.Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você.Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *