Quando é chegada a hora de reagrupar

Quando é chegada a hora de reagrupar

Eu escrevo na Internet desde que ela apareceu como uma rede comercial em 1995. Utilizei algumas dezenas de ferramentas, publicações manuais em páginas HTML, até que comecei a usar algumas ferramentas públicas para fazer esta gestão dos meus conteúdos escritos.

Durante muito tempo escrevi meu blog (Fiapo Blog), aliás, este blog no Blogger. O tempo foi passando e senti necessidade de evoluir, testei algumas ferramentas, e lá por 2003 talvez, migrei o conteúdo que eu já tinha para o Blogger. Talvez tenha sido antes de 2003, pois nem era do Google ainda.

Posteriormente senti necessidade de evoluir mais um pouco, e passei a utilizar o WordPress.

Com o tempo e com o tipo de trabalho que eu desenvolvia, eventualmente precisava testar algumas ferramentas que integravam a um web site (ou a um blog) e para não testar uma de cada vez, para fazer várias coisas ao mesmo tempo, passei a dividir meus conteúdos e a criar blogs específicos, com domínio, identidade e seu próprio conteúdo.

Isso me custava algum dinheiro, mas principalmente me custava muito tempo. A gestão de tudo isso porém me deu muita experiência e conhecimento em hospedagem de sites compartilhados, dedicados, DNS, servidores, cache, CDN e backups.

Então no início deste ano comecei a pensar em unificar tudo novamente. E logo a coisa toda começou a fazer muito sentido para mim. Espero que para você também.

Quando é chegada a hora de reagrupar

E isso ocorreu em agora. Voltei a utilizar somente um domínio, fiapo.com.br, para colocar os conteúdos de outros blogs, principalmente o fiapo.net, emaildonuts.com, queromontarumblog.com e o sabetudo.guru.

  • Fiapo.net tratava das minhas publicações acadêmicas, papers, white papers e também interesses profissionais. Era um blog em WordPress, mas tinha sua própria ferramenta de envio de email marketing, integração com redes sociais, serviço de opt-in;
  • Email Donuts era onde eu colocava muito do que aprendi nos últimos anos com email marketing, de maneira simples e direta, para quem quer saber mais mas não tem tempo e nem conhecimento técnico. Também um blog com suas integrações específicas e serviços de terceiros;
  • Quero montar um blog da mesma forma, de maneira simplificada coloco dicas e truques para leigos e aprendizes criarem seus blogs em WordPress;
  • Guru Sabe Tudo nada mais era do que uma maneira que inventei para colocar na rua milhares de links dos meus bookmarks para que ao invés de envelhecerem sem nenhum propósito, servirem para ajudar alguém nos mais diversos assuntos dos meus interesses;
  • Fiapo.us nada mais era do que um agregador de todos os blogs, pasmem, era um blog, integrado a email marketing, RSS importer e ferramenta de publicação em redes sociais;

Deu algum trabalho, unifiquei posts, páginas, listas de email marketing, e agora vamos simplificar o calendário editorial e finalmente voltar a fazer menos e melhor (assim espero). Então se você estiver lendo isso, e era leitor de algum destes blogs, fique tranquilo, vou continuar entregando com os nomes que entregava por mais algum tempo.

Todos os blogs tinham hospedagem própria (sim, já testei centenas de empresas de hospedagem, todas que vocês podem imaginar), serviço de CDN, cache, integrações diversas, backup interno e externo, alguns tinham até replicação de dados em tempo real. Essas coisas me ajudam a testar serviços que presto na Fiapo Labs.

Até o final do ano ou conforme os domínios forem caducando, aí sim ficará tudo condensado no Fiapo. E se você quiser saber a origem do nome Fiapo, foi que em 1972, nasci prematuro, e a Santina, jovem que auxiliava minha avó nas tarefas domésticas, na primeira vez que me viu, talvez no hospital ainda, exclamou: Que lindo, parece um fiapinho…

E daí são 45 anos que este que vos escreve é conhecido por Fiapo. O resto é lenda urbana.

De qualquer forma fique a vontade para comentar, perguntar e criticar o que achar necessário. Normalmente eu respondo bem rápido.

Gustavo Tagliassuchi

Velha ave de rapina, estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, profundo admirador do WordPress, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto e corredor muito muito amador.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *