Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Presença online mínima [parte 2]

Presença online mínima

Importante você que quer fazer um site para sua empresa, um site pessoal, ou acha que redirecionar o domínio para a página do Facebook, isso não é o que você poderia considerar sua presença online mínima.

Algumas pessoas me perguntaram como fazer isso na prática, então resolvi escrever um pouco mais para ajudar – eu espero.

É muito fácil listar aqui um monte de coisas que você supostamente deveria ter, e quem sou eu para sugerir isso?

Bem, tenho ajudado empresas e empreendedores de todos os portes há mais de 20 anos a construir sua presença online mínima!

Recomendação para presença online mínima

  • Registre um domínio;
  • Ative uma hospedagem em um local apropriado, não economizar tanto na hospedagem e pegar algo melhor vai poupar sofrimentos no futuro;
  • O domínio deve apontar para a hospedagem do site, não para uma rede social. Tenha certeza que vai registrar em seu nome e ter controle sobre ele;
  • Preferencialmente tenha serviços de e-mail externos ao local da hospedagem do site, recomendo o G Suite do Google. Se o seu site ficar fora do ar por problemas no provedor, os e-mails poderão seguir funcionando;
  • Contrate alguém ou faça você mesmo um site, lembrando de algumas coisas. Você pode utilizar ferramentas que fazem isso (não recomendo) ou o WordPress, eu acho que é a melhor alternativa;
  • Página principal: destaques principais, lista de produtos e serviços, local para opt-in de e-mail marketing, links para suas redes sociais;
  • Tenha o seu perfil nas redes sociais que fizerem sentido, não faça em todas para deixar abandonado depois;
  • Não esqueça de criar uma conta e cadastrar seu negócio no Google Meu Negócio, é importantíssimo e muito útil;
  • Certifique-se que o seu site será indexado pelo Google e pelo Bing;

Estrutura do de páginas do site

  • Página de sobre: detalhando um pouco sobre sua empresa ou sobre você, pequeno histórico, se tiver missão, visão e outras informações do tipo definidas coloque lá também;
  • Página específica sobre produtos ou serviços: se precisar crie páginas adicionais para cada um deles;
  • Página exclusiva de novidades, ou blog: você precisa produzir conteúdo com frequência, isso vai ajudar você muito;
  • Página de contato: onde você deve ter um formulário (e tenha certeza que ele funciona), telefone, endereço ou canais de contato que preferir.

Só isso?

Não, na verdade isso é o começo.

Você precisará de certa forma integrar os canais, site com redes sociais, publicações do site nas redes sociais, enviar publicações e novidades para as pessoas por email marketing.

Aliás, email marketing precisa começar a ser implementado desde o instante zero, você precisa cuidar deste ponto.

E quanto às redes sociais a menos que você tenha um nicho muito específico, cuide disso sem dar mais atenção do que ela merece.

Se possível integre e compartilhe algumas coisas de maneira automatizada no início, caso não tenha braço para fazer manualmente.

Para muitas das alternativas acima você precisará utilizar plugins (se estivermos falando do WordPress) ou serviços e ferramentas de terceiros, alguns pagos e alguns gratuitos.

Falando do layout do site, lembro que ele precisará ser responsivo, isto é, precisa se adaptar ao dispositivo onde será ser exibido.

Isso é fundamental, vivemos numa época de mobile first. Isso impacta diretamente também nos resultados da busca, impacta no ranking do Google por exemplo.

Entendo que a presença online mínima é um ponto de partida.

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS.Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total).Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil aforaMais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa.Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos.Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você.Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *