Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

O seu web site não é para você

Nesses últimos anos, passados a frente de um monitor de 17?, as vezes dois, tenho percebido que sempre que vamos iniciar uma prospecção, ou mesmo quando iniciamos um projeto, passadas as etapas iniciais da resistência, nos deparamos normalmente com outra situação, o responsável pelo projeto, ou as vezes o dono do negócio, ter a idéia clara em sua cabeça de que o site está sendo feito para ele.

Engana-se quem pensa que é para ele, o site não deve ser para ele. O site precisa ser imaginado, projetado, executado e testado pensando na maior parte dos casos no CLIENTE. Pois quem é que realmente manda na empresa, e a quem se destina a maior parte das informações relevantes e necessárias que precisamos disponibilizar de maneira adequada na Internet.

O que parece estar claro é que realmente isso ocorre com muita freqência, ou pelo menos mais do que deveria. Normalmente eu me esforço para esclarecer isso, e me esforço em explicar porque algumas coisas são importantes e necessárias para ajudar uma iniciativa importante como um web site.

Lembre-se de que não adianta fazer o site com uma empresa idônea, bem projetado e executado, cadastrar nos mecanismos de busca, divulgar em todos os tipos de mídia, pedir aos milhares de clientes que já compram dos produtos acessarem, se ao menos, no mínimo teremos aquele elemento chave que linka o cliente a nossa empresa, aos nossos produtos.

Às vezes alguns clientes surgem com idéias maravilhosas, que assim que implantadas dão o retorno esperado, mas as vezes nos vemos forçados a explicar o que poderia ser feito de maneira mais adequada, mesmo que implique em quem sabe um concorrente implementar o que você não achou adequado para seu cliente. Riscos da vida.

Os meus clientes sabem que a confiança também estimula a criatividade, espero sempre poder mostrar a capacidade dos meus concorrentes, até para provar que podem estar errados.

Fica a lembrança, pense mais no seu cliente, discuta mais com seu fornecedor de soluções. Ele normalmente tem uma boa vivência do mercado que atua.

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS.Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total).Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil aforaMais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa.Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos.Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você.Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *