Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Mantendo o seu site adequadamente

Mantendo o seu site adequadamente

Se você acha que seu site (lançado recentemente) está bom o suficiente, lamento, você precisa melhorar e saber se está mantendo o seu site adequadamente.

Nunca termina

Essa é a melhor de todas, o processo nunca termina, é contínuo, com raras exceções, mesmo o meu cliente que publiquei o site em 2004 e ele ainda estava funcionando da mesma maneira, e tendo resultados, infelizmente precisam de atualizações.

Não é você amigo, é o seu cliente

Entenda que o seu site não deve ser feito para agradar você, ele tem que agradar o seu cliente, tem que informar, ser útil, e lhe dar resultados.

Se ainda assim, depois de tudo isso, ainda agradar você, então que bom!

Mas aí que mora o perigo. Na maioria das vezes as empresas (de qualquer porte) ou mesmo os profissionais liberais, tem tantos problemas para construir, popular e colocar o site no ar que acabam largando de mão no mesmo instante que ele vai ao ar.

E começam os problemas

Se você não sabe, um dos fatores de rankeamento do seu conteúdo (estou partindo do princípio que você tem um bom conteúdo, otimizado minimamente para SEO, e mantém uma agenda regular de postagens) é a velocidade que o seu site carrega.

E além da velocidade de carregamento, o tempo que ele se mantém no ar. Ah, mas quando eu olho está sempre no ar e funcionando…

Lamento, se você não monitora, você não controla. É preciso ficar atento com a hospedagem e monitorar a fundo.

Festival de penduricalhos

Ou a coisa não ficou muito clara com quem fez o site para você, ou você acha que tem o direito de publicar tudo quanto é novo penduricalho na página principal do site.

Até aquele vídeo do YouTube (que carrega 1 Mb de scripts adicionais, ou âncoras, chame como quiser) ou aquela imagem que o pessoal de TI mandou para ser publicada, que tem 5000 pixels de largura quando poderia ter apenas 750 e consumir 3Mb a menos de tamanho.

Sim, alguém tem que cuidar de tudo!

Conteúdo segue sendo o principal

Além de atualizar, de tempos em tempos é preciso verificar se não tem nada que deve ser removido, se a estrutura está adequada, se é isso mesmo que deve ficar ou sair.

O teste de conteúdos pode ser uma alternativa.

Analytics é importante mas não é tudo

De fato conheço muitas empresas onde o marketing apostaria sua vida nos dados do Google Analytics. Não que o Analytics seja ruim, mas ele não pega tudo, só uma parte.

Assim como fizeram com os dados dos vídeos no Facebook, inflados e mentirosos. Cuide com isso.

Se quiser números confiáveis ou vai ter que pagar para isso ou vai ter que ir mais a fundo nos logs do servidor e com software (e conhecimento) apropriados.

Vá atualizando

Mas não você, contrate alguém. Foque em produzir melhor conteúdo, atualize os conteúdos de produtos e serviços. Mantenha o blog funcionando à pleno.

Utilize as redes sociais se tiver algo a compartilhar, mas automatize, não perca muito tempo lá.

Preferencialmente aposte suas fichas no email marketing, é muito melhor e mais saudável para o seu negócio.

Invista no cliente

O cliente está evoluindo, vá olhando o perfil, o uso, melhore a experiência, adicione landing pages que sirvam a algum propósito.

O básico é o principal, precisa estar muito bem feito!

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS. Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total). Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil afora Mais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa. Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos. Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você. Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *