Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Logs, acessos e relevância

Por incrível que pareça, muitos usuários ainda tem em mente que a quantidade de hits dos seus web sites é a métrica mais importante para fins de controle e monitoramento. Pois bem, não é!

Lembro que há muitos anos atrás, um cliente divulgava seus hits como se fossem milhares de acessos às suas páginas, e como se importassem mais que os números de seus usuários únicos. Ele não fazia isso por mal, o provedor onde hospedava sugeriu que o fizesse, dizendo ser o correto.

Quero dizer que atualmente temos diversas ferramentas que medem com muita precisão o que está ocorrendo em nossos web sites. Desde o aparecimento dos sofwares específicos para este fim, muita coisa mudou. Anteriormente ficávamos limitados à utilização de softwares como o Webtrends, Webalyzer, Urchin entre outros, que se mostraram ineficazes em monitorar o tráfego originado de dentro dos proxies dos grandes provedores. Acabavam tratando todo o tráfego originado pelo provedor como uma coisa só!

Então surgiu a segunda geração dessas maravilhas, softwares em modelo ASP, onde você incluía um script em suas páginas e a cada acesso monitorava com exatidão inimaginável, softwares como o Hitbox, mais tarde sendo comercializado com outros nomes por diversas companhias. As estatísticas eram tão completas e relevantes que o mesmo se dava ao luxo de fazer previsões, cada vez mais precisas com o passar do tempo.

Porém um passo adiante é ter acesso a esses dados, por pior que seja a ferramenta, um dado para ser comparado com outro é melhor do que nada. Munidos disso e de outros dados coletados na Internet é possível dizer se o seu web site está dando um mínimo de retorno sobre o investimento que você fez, ou se ele é apenas para aumentar o contador de domínios do Registro.br, pois se não é acessado e não é facilmente encontrado nos mecanismos pelos seus principais produtos ou serviços, qual o propósito mesmo?

Faça o teste. Veja o resultado e tenho certeza que você vai querer melhorar muita coisa nele!

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS.Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total).Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil aforaMais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa.Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos.Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você.Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *