Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto e corredor muito muito amador.

A importância do assunto no email marketing

A importância do assunto no email marketing

Muitas vezes relegado ao último minuto da saga de gerar conteúdo, construir a peça, selecionar a base e fazer o disparo, a importância do assunto no email marketing é muitas vezes deixada para o segundo plano.

Quem nunca colocou um assunto qualquer só para enviar logo que atire a primeira arroba!

Você já deve ter lido alguma estatísticas fantásticas como essas aqui:

  • Email marketing tem o maior ROI de todos os canais de marketing;
  • Email marketing gera até 40 vezes mais leads que as mídias sociais;
  • Email marketing gera um ticket de compras 17% maior por compra que as redes sociais;
  • E-mail é utilizado por 90% de todos os consumidores diariamente (pelo menos nos EUA);
  • Pessoas que recebem e-mails com ofertas gastam 138% mais do que as pessoas que não recebem e-mails;

Mas é importante lembrar que isso é uma consequência de todo o processo. Você precisa ficar atento a todas as particularidades antes de enviar seu email marketing.

O assunto do e-mail pode ser a coisa mais importante do seu envio!

Algumas coisas que aprendi sobre assunto da peça no e-mail marketing

  • Não precisa ser óbvio, mas não engane o usuário;
  • A coisa mais fácil que você pode fazer para testar o assunto é o teste A/B. Não existe nenhum motivo para você não fazer isso toda vez que for enviar seus e-mails;
  • Se for realizar um teste A/B você pode fazer campanhas simultâneas para ganhar tempo;
  • Utilize variações do mesmo assunto;
  • Utilize algumas letras maiúsculas (mas não todas);
  • Utilize emojis com cautela;
  • Se tiver os dados personalize o assunto com o nome do usuário, mas deixe interessante a combinação;
  • Manter o assunto entre 28 e 36 caracteres dá melhores taxas de cliques na peça;
  • O assunto com 6 a 10 palavras dá as melhores taxas de abertura;
  • O assunto de tamanho menor ou maior dá mais resultado que de tamanho médio;
  • Assuntos longos podem funcionar melhor as vezes, mas teste na sua base;
  • As palavras principais primeiro no assunto ajudam;
  • Caracteres diferentes como [ ] e ( ) podem funcionar;
  • Senso de urgência no assunto funciona para conversão;
  • Fazer o usuário rir quando ler ajuda;

E se quiser algumas dicas para fazer o seu assunto do e-mail lembre-se:

  • É útil ou valioso?
  • Não está muito longo?
  • Estou prometendo algo que não posso cumprir?
  • Poderia ser mais direto ou específico?
  • Alguma palavra adicional faria diferença?
  • Alguma palavra a menos faria diferença?
  • O usuário pode achar que é SPAM?

Ainda, é importante lembrar que o pre-header é o apoio do assunto, então utilize o mesmo para complementar o assunto de maneira inteligente, pois muito provavelmente será lido pelo usuário no seu dispositivo móvel.

Mais alguns dados importantes

  • 47% dos e-mails são abertos baseados no assunto;
  • 69% dos e-mails são marcados como spam baseados no assunto;
  • Utilizando a palavra newsletter no assunto a taxa de abertura cai até 18,7%

Sobre a taxa de abertura de acordo com a quantidade de palavras no assunto

  • 16% – 0 a 5 palavras;
  • 21% – 6 a 10 palavras;
  • 14% – 11 a 15 palavras;
  • 12% – 16 a 20 palavras;
  • 9% – 21 a 25 palavras;

Embora controverso, a quantidade de palavras no assunto produz coisas interessantes, segundo a Return Path, como muitos assuntos de e-mails enviados tem entre 41 e 50 caracteres, e assuntos com 61 a 70 caracteres produzem as maiores taxas de abertura!

Então utilize os dados acima para testar, embora sejam médias do mercado e de grandes amostras, pode ser diferente para a realidade da sua base, ainda mais se for de um nicho muito específico.

Fique a vontade para perguntar se precisar esclarecer alguma dúvida.

Fontes pesquisadas: Litmus, Invesp, Convince & Convert, Radicati, Return Path e Me & Myself 😉

Confira o vídeo

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS.Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total).Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil aforaMais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa.Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos.Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você.Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *