Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Em breve um satélite caindo na sua cabeça

Não sei ao certo como começou novamente essa onda de “constelações de satélites” ao serviços dos menos favorecidos e das áreas menos atendidas, mas lembro do fracasso do projeto Iridium na década de 90, encabeçada pela Motorola, e que tinha cerca de 66 satélites. Depois apareceu outra concorrente, a Globalstar, com cerca de 48 satélites na sua rede.

Mas apesar dos trancos e barrancos, os serviços se mantiveram, tecnologias foram modificadas, e agora temos duas novas entrantes no mercado:

  • OneWeb, encabeçada pelo mestre Richard Branson (Virgin), Paul Jacobs (Qualcomm) e Greg Wyler (o fundador de fato), Thomas Enders (Airbus) e Sunil Bharti Mittal (Bharti Enterprises) que informam que irão utilizar satélites muito menores, baratos e fáceis de produzir (e de mandar lá pra cima), e a contrapartida, os terminais aqui na Terra que vão receber e enviar os dados são pequenos, simples e possuem redes 2G, 3G, WiFi e LTE, dado grande e fácil cobertura a celulares, computadores e tablets.
  • SpaceX, empresa do brilhante Elon Musk, ao que parece vai receber um reforço de caixa (e de cérebros do programa Loon) da Google, também para oferecer uma rede de satélites que fornecerão conectividade em alta velocidade, baixa latência e para o mundo todo.

De qualquer forma os dois projetos estão iniciando, talvez tenhamos algum resultado em 5-10 anos, quem sabe menos. Só me confronto sempre com as mesmas perguntas: Não era mais fácil reunir os esforços? Claro que tem sempre algum interesse (econômico) divergente, então vamos ver no que dá.

Você que tem um serviço de Internet da Hughes aguente firme, dias melhores virão.

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS.Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total).Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil aforaMais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa.Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos.Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você.Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *