Comprando na Amazon

Bem, a Amazon é uma das pioneiras da Internet. A primeira compra que fiz lá foi em 23 de setembro de 1997, na época os interesses eram outros, segue a primeira lista de livros adquirida lá:

1 copy of “Windows NT 4.0 System Administration: Windows NT (Student Manual)” Logical Operations; Spiral-bound; @ $31.96 each
1 copy of “Essentials of Microsoft Networking” Logical Operations; Spiral-bound; @ $39.96 each
1 copy of “Professional Web Site Optimization” Scott Ware, et al; Paperback; @ $32.00 each

Books Subtotal: $103.92
Shipping: $ 24.85
Tax: $ 0.00
TOTAL DUE: $128.77

Bom, era fácil, parecia confiável, e os preços e os títulos melhores do que aqui, até porque naquele tempo era difícil ter literatura técnica rapidamente disponível em português e a venda por aqui. Depois dessa compra na Amazon se sucederam diversas outras, entendi a diferença entre frete normal e overnight, bem mais caro, mas em compensação as vezes chegava em três ou quatro dias, enquanto o primeiro poderia eventualmente demorar 40 dias.

E assim fui comprando livros sempre que precisava, de todos os tipos, técnicos ou não, até mais ou menos 2003, pois aí a disponibilidade de títulos, o dólar subindo, a compra direto de livros (mesmo em inglês) ficou mais fácil por aqui. Mas foram bons tempos.

Foi a primeira loja que começou com personalização de conteúdo, eu comprava ou pesquisava alguma coisa e logo eles vinha me dizendo, olha, tem esses outros aqui, ou quem comprou esse livro aí que tu comprou normalmente compra estes outros e por aí vai. Isso é bem interessante e as vezes ajuda.

O layout do site chega a ser espartano, mas muito funcional. A área restrita dos clientes é bem fácil, muitos dos links são textuais, então o pequeno tamanho no geral faz o site carregar muito rapidamente, sem falar na tal da nuvem, conceito de certa forma introduzido pela Amazon, mas isso é papo para outro post em outro blog.

Minha consideração final é que a Amazon evoluiu, agora vende muitas outras coisas além de livros, embora para alguns países apenas (o nosso não), e eu recomendo. As vezes eles me mandavam algum brinde, mouse pad, caneca, copo de café…

Quem quiser acessa aí: Amazon

Gustavo Tagliassuchi

Velha ave de rapina, estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, profundo admirador do WordPress, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto e corredor muito muito amador.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *