Comprando Dell e fora da Dell

Esse é um outro post da categoria “duplos”. Comprei no dia 09/02 um PC da Dell para um colaborador da minha empresa, poucas customizações, quase igual aos demais aqui. Recebidos os dois e-mails iniciais da aprovação (que chegam exibindo o código e não o HTML em si), fiquei no aguardo, afinal pagamento aprovado o resto é esperar.

Na sexta-feira pré carnaval, 12/02, recebemos um novo colaborador, e quis acelerar as coisas, resolvi comprar um Dell numa loja qualquer (grande varejista, não contrabando). E fiz, mandei ver via Extra. Tudo certo, a máquina chegou aqui no dia 23/02. Aceitável dado o feriado. Tudo certo, vamos ver se der algum problema se a garantia vai ser a mesma de comprar na Dell.

Agora, voltando ao pedido inicial na Dell, o tracking não funcionava, acusava pedido inexistente, resolvi ligar, não foi pro 0800, só dava ocupado. Resolvi ligar para o 0800, mesma coisa. Usei meu celular, só que o atendimento automatizado me acusava de ter ligado para um 0800.

Apelei para a última fronteira, o chat. Após duas atendentes, a última me obrigou a ligar, tinha que ser pelo telefone. Como foi impossível, apelei para o networking. Nessas horas a gente reconhece como é importante ter amigos espalhados por aí.

Rapidamente me deram o retorno, o pedido estava com uma pendências realmente, uma peça, nada que eu tivesse como saber. Agora, depois de tudo, pra que um tracking que não funciona, ou um chat que não resolve? Ou um e-mail que você recebe que não tem o código que você tem que informar para ser melhor atendido?

Se isso tudo estivesse no e-mail e disponível na web, eu jamais teria ligado ou solicitado mais atendimentos, seria o suficiente. Mesmo comprando desde 1999 da Dell, e só neste ano termos aqui na empresa comprado mais de R$ 200.000 da Dell em servidores, as vezes sinto que esses detalhes pequenos só perturbam a imagem de qualidade que os produtos da Dell tem.

Ah, o primeiro Dell, comprado em 1999, o XPS T500, Pentium III de 768Mb de ram ainda funciona!

Gustavo Tagliassuchi

Velha ave de rapina, estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, profundo admirador do WordPress, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto e corredor muito muito amador.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

If you agree to these terms, please click here.