Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Cadê meu e-mail?

Quando a gente começa a utilizar a Internet, descobre o potencial da rede, tudo fica mais fácil. Ficamos deslumbrados com a quantidade de coisas que nem imaginávamos, e começamos a perguntar aos nossos amigos se eles também tem e-mail, e então começamos a distribuir nosso e-mail para todo mundo! Todos começam a trocar mensagens entre si, começam a aparecer uns e-mails esquisitos, oferecendo para ajudar alguém ou evitar a cobrança de algo pela Microsoft, nem entendemos direito mas tudo bem. Uma beleza, não fosse um pequeno detalhe:

O outro provedor, que é “maior” e “melhor” que o seu inventou um plano gratuito e de acesso ilimitado, você então troca de provedor (e de e-mail) e agora tem que avisar todo mundo a respeito.

O mais simples seria você abrir uma conta em um site de e-mail gratuito, como o Net Address, Hotmail, ZIPMail ou qualquer outro, isso garantiria que mesmo quando mudasse de provedor manteria o mesmo endereço de e-mail. Ocorre que a maioria desses serviços é “Web Based”, ou seja, você precisa acessar através do navegador.

Pesquisando na Internet encontrei um serviço que chama FreeMail, da GlobalSite (que agora é Terra), e que funciona bem direitinho, e com uma vantagem maravilhosa, você continua checando seu e-mail através de um programa POP (que busca as mensagens do servidor), como o Microsoft Outlook, Qualcomm Eudora ou outro. Isso garante suas mensagens sob controle, além de facilitar na hora de enviar e receber arquivos anexados, sem se preocupar com o limite de tamanho das mensagens no servidor. Ainda tem diversos tutoriais para configurar seu programa de e-mail, e extensões personalizadas de e-mail, tipo joao@medico.freemail.com.br.

Outra dica se você está começando é manter duas (ou mais) contas de e-mail. Uma delas será sua conta real, onde você trocará mensagens com seus amigos, e a outra você utilizará para receber listas ou então colocar naqueles formulários que a toda hora aparecem por aí na Internet, sem ter o perigo de ver nossa caixa de entrada inundada por mensagens não solicitadas (SPAM).

Use o e-mail assim como você usa seu telefone celular, para ser encontrado e se comunicar de maneira rápida e precisa. Não propague aquelas mensagens de origem duvidosa, que servem apenas para encher os servidores de e-mail dos provedores. Mantenha sempre seus e-mails organizados, e tenha cuidado ao preencher formulários que solicitam e-mail.
Qualquer dúvida, entre em contato comigo.

Dica de Sites de Surf pra Visitar

1 – Quer uma prancha feita sob medida?
Que tal acessar o site da Aborigiknees. isso mesmo, o nome é complicado mas já são 16 anos de praia fazendo pranchas sob medida, você personaliza mesmo, o site lhe dá diversas opções, inclusive dá para fazer o pedido online. Dê uma conferida. http://www.aborigiknees.com.br

2 – Se você é um “hardcore surfer” no real sentido da palavra, ou apenas está afim de ver coisa nova no melhor estilo “surf wear”, de uma olhada no site da MCD, se gostar mande um e-mail para Michael Tomson, criador da marca.
MCD – More Core Division do Brasil
http://www.mcdmorecore.com.br

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS. Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total). Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil afora Mais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa. Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos. Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você. Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *