Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

Atendimento muito mais que virtual

Desde 1995, ano que considero o marco da mudança quando falamos em Internet, muita coisa evoluiu nos web sites com relação a atendimento dos clientes. Foi-se o tempo de oferecer apenas um link com um e-mail, ou simples (e práticos) formulários de envio de e-mail, que normalmente não eram respondidos na velocidade que os usuários esperavam.

Surgiram outras alternativas, os chats, de início entre operador e usuário, até os mais sofisticados, onde um operador conversa simultaneamente com até 6 usuários, atendendo bem dentro de alguns princípios. E mais a frente, existiu a interação direta do operador, de acordo com o que o usuário fazia ou deixava de fazer (abandonar uma compra por exemplo), onde o operador “aparecia” em meio a uma janela pop-up inesperada e solicitava ao usuários algumas informações, ou mesmo tentava reverter o processo.

A partir disso algumas coisas novas começaram a aparecer, mais especificamente os assistentes virtuais. São mecanismos que se assemelham a chats (com um caracter personalizado ou não), onde os usuários interagem normalmente como se estivessem conversando com um operador humano. A diferença fica por conta do conhecimento desse assistente (normalmente ele domina uma área de conhecimento específica para a qual foi treinado, ou ensinado), e também porque ele não cansa, não recebe 13º e pode desafogar a equipe de atendimento real, pois pode ser a primeira fase do processo de atendimento.

Algumas empresas já acordaram para esse tendência, enquanto outras estão maravilhadas com o irmão dos assistentes, os chatterbots, mas não confunda! Inclusive para deixar uma melhor impressão sobre o que escrevi acima, visite o site do Terceira Terça, e pergunta sobre o evento para a nossa assistente e musa virtual, a Tetê. Mas lembre-se, ela foi ensinada sobre o evento, ela não vai querer sair com você para tomar cerveja.

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS. Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total). Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil afora Mais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa. Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos. Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você. Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *