Gustavo Tagliassuchi
Estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, admirador do WordPress, co-organizador dos Meetups de WordPress em Porto Alegre, organizador do WordCamp Porto Alegre 2019 e co-organizador em 2018 e 2017, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto, corredor muito muito amador e sócio da Agência Dupla.

A informação está no log

Desde que a web é a web, muita coisa fica para trás armazenada em incontáveis linhas separadas por carcteres especiais, aguardando algum tipo de ação – que não seja apagar o arquivo – dentro de servidores web espalhados mundo afora.

É bem verdade que muito pouca gente se atém ou se preocupa a descobrir alguma coisa oriunda dos arquivos de logs, em parte graças as ferramentas oferecidas pelas empresas de hosting, muito básicas na sua origem, em parte pelos desenvolvedores dos web sites, que não oferecem análise desses dados como valor agregado aos serviços que prestam, mas muito porque o “marketing” não dispõe dessa simples informação.

É claro que o simples fato de se ter um log de acessos num determinado web site não prova nada. Temos maravilhosas ferramentas hoje em dia que possibilitam, mediante a inserção de algum código dentro das páginas, às empresas saber dados inimagináveis dos seus usuários.

Esse tipo de informação, originada do log ou dos scripts de página é de extrema valia para empresas que necessitam de métricas e parâmetros confiáveis para medir a eficácia de suas iniciativas online.

Faço uso de alguns tipos de ferramentas, de script, de análise de logs – baseadas na web e baseadas em clientes para Windows, e digo, as descobertas estão melhorando a cada dia que passa, e as possibilidades de refinamento nas pesquisas são inúmeras.

Pense bem e exija saber sobre aquilo que lhe pertence. É importante.

Share

Gustavo Tagliassuchi

Eu sou Gustavo Tagliassuchi, minha formação é em tecnologia em informática, me especializei em desenvolvimento de software para a web, mas minha experiência profissional desde a década de 90 inclui editoração eletrônica, gráficas, desenvolvimento de aplicativos multimídia multi-plataforma, produzi muito CD-ROM, quiosques multimídia, fui o primeiro desenvolvedor da Apple no RS. Trabalhei em provedores de acesso à Internet, em algumas agências e também criei algumas delas (4 no total). Ajudei a fundar a AGADi que posteriormente virou ABRADi e se multiplicou Brasil afora Mais recentemente ainda fui sócio de uma empresa de e-mail marketing e monitoramento de mídias sociais, onde desempenhei diferentes atividades, como responsável pelo desenvolvimento de ferramentas oferecidas em padrão SAAS, fui responsável pelo suporte e atendimento de uma rede de mais de 18.000 marcas entre clientes diretos, canais e parceiros, além de dar apoio ao marketing digital da empresa. Mas isso tudo não importa, o que importa é que eu nunca deixei de fazer web sites, atender clientes de todos os tipos e portes, e ajudar amigos e parceiros a utilizar melhor a Internet e a melhorar a qualidade dos serviços que prestavam, e até a criar produtos e escalar os mesmos. Então, até influenciado por alguns deles, resolvi criar alguns cursos e transformar este conhecimento que adquiri em algo interessante para você. Não vou vender nenhuma fórmula mágica, não garanto que ninguém vá ficar milionário da noite para o dia, mas eu acredito que consigo acrescentar alguma coisa da experiência que adquiri nesses últimos 26 anos para ajudar você a melhorar e a solucionar alguns problemas dos seus clientes, vou lhe ajudar a fazer a diferença na vida dos seus clientes.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *